0
Receita

Babka de Maçã e Nozes

18 Janeiro, 2017

Esta receita sai da minha cozinha directamente para o blog, nunca semana em que não tenho comprado pão e tenho feito sempre em casa. Desde pão simples, passado pelo pão doce e até com ingredientes salgados. Mas esta Babka com este caramelo que se formou na cozedura e colou à massa não me deixou dúvidas que teria de ser partilhado com vocês.

Este massa muito semelhante ao brioche, é caracteristico da Europa Central e Oriental, e a versão original leva ainda uma cobertura de strussel (muito abusador)! A textura deste pão é muito semelhante ao Challah, que podem ver AQUI, sendo que este tem mais sabor devido ao tempo de fermentação ser maior e mais lento.

Nesta receita o ideal será amassar a massa ao fim do dia e deixar levedar durante toda a noite. Caso não queiram esperar tanto tempo, deixo um truque ao longo da receita. Nesta versão o recheio é de nozes e maçã, mas caso goste, pode substituir por creme de avelãs e chocolate, garanto que é uma combinação que nunca falha!


Recheio

  • 2 a 3 maçãs de Alcobaça
  • 100 g de manteiga + 1 colher de sopa de manteiga
  • 1 colher de sobremesa canela + 1 colher de sobremesa de canela
  • 150 g de nozes tostadas e ligeiramente trituradas
  • 150 g de açúcar mascavado
  • 1 pitada de sal

Descasque e corte as maçãs em cubinhos. Numa frigideira anti-aderente coloque 1 colher de sopa de manteiga, 1 colher de sobremesa de canela e a maçã até esta amolecer. Retire que calor e deixe arrefecer.

À parte, misture bem o resto dos ingredientes. Reserve até ser hora de usar.

Massa

  • 600 g de farinha T65
  • 10 g de sal
  • 100 g de açúcar
  • 7 g de fermento seco de padeiro (à venda em saquetas individuais)
  • 100 g de manteiga sem sal (amolecida à temperatura ambiente)
  • 3 ovos médios
  • 100 ml de leite quente (não a ferver)
  • 100 ml de água fria
  • 1 colher de sobremesa de extrato de baunilha

Coloque a farinha na taça da batedeira (com o gancho para amassar). De um lado da farinha junte o sal e o açúcar; do outro lado coloque o fermento seco.  Adicione a manteiga, os ovos ligeiramente batidos, baunilha, o leite e 1/3 da água!

Comece a amassar toda a mistura numa velocidade lenta; pode ir juntando aos poucos a água até a massa absorver toda a farinha (pode não ter de juntar toda a água, ou pode ter de juntar mais), o que pretendemos na massa é que fique leve e suave. (eu não usei a água toda) Deixe bater 5 minutos em velocidade média até a massa começar a forma uma textura lisa.

Depois disso, polvilhe uma taça com farinha e com cuidado transfira a massa para ela. Tape a taça com película aderente e deixe a massa duplicar de volume durante 2 a 3 horas, num ambiente morno e sem correntes de ar.  Depois disso coloque a massa no frigorífico e deixe-a descansar durante toda a noite.

Nota: Caso não tenha tempo para deixar a levedar durante a noite, substitua os 7g por 11g de levedura, e ao fim das duas horas siga logo para os passos seguintes.

Pese a massa total e divida em duas partes. Envolva em película aderente uma delas e reserve. Pegue na outra metade da massa e estique num rectângulo (40cm x 25cm), barre com metade do recheio e salpique com metade da maçã.

Enrole (como se fosse uma torta) a partir de um dos lados maior. Corte ao meio no sentido longitudinal e entrelace as duas partes.  Com cuidado coloque na forma, previamente forrada com papel vegetal e deixe levedar por 1h30 a 2h.  Repita todo o processo com a outra parte de massa.

Pincele os pães com leite e leve a cozer no forno pré-aqueido a 190ºC entre 25 a 35 minutos. Verifique com um palito se o pão está cozido.
Retire do forno e deixe descansar 5 a 10 minutos antes de desenformar.  Sirva morno ou frio.

Eu adorei este pão recheado, e vocês? Be Nice!

Medidas das formas usadas:
20cm x 10cm
25cm x 12cm