0
Receita

Tarte de Cenoura e Amêndoa (Sem Glúten)

18 Julho, 2014

Daqui fala a Super Mulher Gulosa! Sim, sou eu mesmo 😀
Admito, sou muito gulosa… se há momentos em que me consigo controlar perfeitamente e levar dias e dias sem cometer nenhuma loucura, há outros em que são corridos a pequenos pecados no mundo da pastelaria.
Até me andava a portar bem, mantive o forno desligado e livre de bolos, mas a minha amiga Sílvia não tem tornado isto numa tarefa fácil.
Vi este bolo de cenoura, quando dei por mim já estava a ligar a batedeira ahahaha!!! Optei por encolher a receita (só fiz metade), e substitui a farinha de trigo por farinha de amêndoa e arroz, também usei outra cobertura.
Resultado, uma tarte igualmente saborosa e sem glúten!!! – Para 4 pessoas gulosas ou 6 pessoas sem essa propriedade


Para a Massa

  • 1 ovo biológico
  • 150 g (aproximadamente) de cenoura crua ralada (bem fininha)
  • 40 ml de óleo vegetal
  • 80 g de açúcar
  • 170 g de farinha de amêndoa (triturei em casa e deixei um pouco granulada)
  • 2 colheres de sopa de farinha de arroz
  • 1 colher de sobremesa de fermento
  • 1 colher de sopa de canela (eu gosto muito de canela)

Para a cobertura

  • 250 g de mascarpone
  • 1 colher de sopa de açúcar granulado
  • 1 colheres de sopa de extracto de baunilha (eu uso caseira)
  • flocos de côco (opcional)

Ligue o forno a 150ºC. bata o ovo com o açúcar até ficar uma mistura esbranquiçada e espumosa. Adicione com cuidado a cenoura e misture com a colher de pau. Incorpore o resto dos ingredientes e envolva com cuidado.

Forre uma tarteira rectangular com papel vegetal e deixe cair a massa para dentro dela. Leve ao forno até estar cozido (talvez uns 20 ou 25 minutos, esteja atento). Retire e deixe arrefecer completamente.

Quando for para servir, bata energicamente, com a colher de pau, o mascarpone com o açúcar e a baunilha. Barre por cima da tarte de cenoura (talvez não tenha de usar todo o creme). Polvilhe com canela e/ou flocos de côco!

Sabem que mais? Delicioso, sabe mesmo a verão!
Obrigada Sílvia pela receita partilhada, mas eu não sou eu quando não altero ligeiramente 🙂

Be Nice!