Risotto de Cebola e Salsicha Toscana

risoto

Comecei o ano a organizar o blog, e a acrescentar pequenos pormenores que são importantes para estar tudo organizado. Vai daí, fiz a Lista de Receitas e percebi o seguinte:

  1. Fiz muitos doces o ano passado;
  2. Não tenho nenhuma receita de risotto (shame on me)

Mas apesar de fazer tantos risottos, percebo porque é que nunca o fotografei e relatei, pois assim que ele fica no ponto, não há tempo a perder! Eu só sei que preciso de o comer, ainda cremoso, e uma sessão fotográfica esmaga completamente esse meu ritual.
Desta vez tive que fazer o sacrifício 🙂
O primeiro risotto que fiz, foi de “alho francês” (um dia destes faço para o blog), gostei tanto que a partir daí coloquei o risotto como um dos meus pratos preferidos.
Também na Cozinha de Blogs, o Filipe do Chilli com Todos, convidou-me para fazer dupla com ele e o tema era: Risotto de Inverno (com abóbora manteiga e queijo de cabra, é mesmo maravilhoso). Por tudo isso já não podia adiar mais, e cá está.


Faça um caldo de legumes com os seguintes ingredientes, e mantenha-o quente enquanto faz o risotto

  • 1 cebola
  • 1 cenoura
  • 1 alho francês
  • 1 raminho de salsa
  • 3 dentes de alho esmagados
  • sal q.b.
  • água q.b.

Para o risotto (6 pessoas)

  • 4 conchas de sopa, de arroz risotto (1 concha de sopa, por pessoa)
  • 3 chalotas picadas finamente
  • 3 cebolas brancas
  • 500 g de salsicha toscana (ou outra salsicha fresca que goste)
  • Parmesão ralado na hora q.b. (eu gosto de muito, 2 punhados)
  • 70 g de manteiga sem sal
  • 300 ml de vermute branco seco
  • azeite q.b.

Ligue o forno a 190º C. Coloque as salsichas e as cebolas com casca num tabuleiro e leve ao forno até estarem tenras e as salsichas cozinhadas (mais ou menos 1 hora). Depois disso, retire do forno e desfaça as salsichas e a cebola, reserve (com o forno desligado, pode guardar dentro do mesmo, para aproveitar o calor).

Numa panela grande, comece a refogar as chalotas até ficarem cozinhadas mas sem cor (soffrito). Adicione o arroz, deixe-o fritar levemente até ficar ligeiramente translúcido e adicione o vermute. O álcool vai evaporar, mas o sabor ficou lá. Assim que o arroz absorva o vermute, junte a primeira concha de caldo quente. Em lume brando, cozinhe o risotto e vá mexendo com energia para se ir soltando o amido e criar a cremosidade. Junte a próxima concha de caldo só quando o arroz estiver seco. E repita essa processo até o risotto estar cozinhado (mais ou menos 15 minutos).

Quando o risotto estiver a três quartos da cozedura, junte-lhe a cebola e a salsicha desfeitas em migalhas e continue a cozinhar o arroz. Prove e rectifique os temperos.

Tire do fogo, adicione a manteiga e o parmesão e mexa agora com toda a sua energia. Ficou muito cremoso, não foi? Tape a panela por 2 minutos e sirva imediatamente. Pode juntar mais parmesão se quiser. Eu quero sempre mais! Coma com uma colher de sopa!

Be Nice!

Você Também Pode Gostar de
Ler mais

Dum Aloo 

As segundas-sem-carne não têm de ser feitas com refeições aborrecidas e pobres! Aqui fica a minha sugestão, cheia…
Ler mais