Folares da Páscoa

Mais uma Páscoa em confinamento e mais uma versão de folar, porque eu nunca consigo estar quieta e fazer sempre da mesma maneira.

Esta receita vai render 2 folares de tamanho médio, quando os estiver a moldar vai parecer que vão ficar pequenos, mas o segredo está numa boa levedação.

Deixei uma lista de aromáticos que podem usar nos vossos folares. Desta vez coloquei só 1 colher de sobremesa de canela e pasta de baunilha. Mas noutras ocasiões até me apete colocar todos os ingredientes e fica um folar bem aromático que vai cheirar até à casa da vizinha.

Também nesta versão não coloquei ovos cozidos na decoração. Pessoalmente acho que ficam muito bonitos com os ovos cozidos por cima, mas depois ninguém come o ovo e não gosto de estragar comida. Por isso, estes vão mesmo sem ovo.

Espero que façam e que se deliciem. O que sobrar basta fatiar e congelar, para irem comendo conforme a gula.


  • 240 g de leite meio-gordo
  • 100 g de manteiga sem sal
  • 7 g de fermento seco de padeiro
  • 3 ovos + 1 ovo extra para depois pincelar
  • 515 g de farinha t65 sem fermento
  • 95 g de farinha de trigo integral (pode fazer tudo com farinha t65 normal)
  • 100 g de açúcar granulado
  • 1 colher de chá de sal
  • Adicione os aromáticos que mais gostar: 1 colher de chá de canela em pó, ou de erva doce em pó, ou pasta de baunilha, ou raspa de laranja/limão

Comece por aquecer o leite com a manteiga até atingir os 45ºC. Eu gosto de verificar com um termómetro para não correr o risco de aquecer demais e “matar” o fermento. Para quem não tiver termómetro, sinta a temperatura com um dedo e tem de estar morno.

Coloque então esta mistura numa taça e adicione o fermento, mexa e deixe atuar 10 minutos. De seguida junte os ovos e mexa até ficar homogéneo.

Coloque as farinhas, o açúcar, o sal e os aromáticos na taça da batedeira, de seguida junte a mistura dos líquidos aos poucos até estar tudo incorporado. Bata com o gancho da batedeira durante 10 minutos. A massa irá ficar lisa e ligeiramente pegajosa, mas sem colar demasiado aos dedos.

Transfira a massa para uma taça untada com um fio de azeite. Tape com pelicula aderente e deixe levedar até duplicar de volume, no meu caso foram 2 horas, mas pode ser mais ou menos. Não apressem o processo de levedação.

Prepare a bancada da cozinha com um pouco de farinha e verta a massa. Divida-a em duas partes (para fazer dois folares), a cada parte vai retirar um pedacinho de massa para fazer as decorações. Eu fiz esta brincadeira.

Faça uma bola com a massa e coloque num tabuleiro com papel vegetal. Com cuidado coloque a decoração por cima, e prenda as pontas por baixo da bola. Vai parecer que o folar vai ficar pequeno, mas o segredo está em deixar levedar bem até duplicar de volume. Os meus levedaram aproximadamente 1h30 min, mas pode ter de ser mais tempo consoante a temperatura da cozinha.

Ligue o forno a 200ºC para pré-aquecer. Enquanto isso, bata 1 ovo com 3 colheres de sopa de água. Pincele os folares e leve ao forno durante 30 minutos ou até estar cozido. Eu faço o teste do palito como se fosse um bolo, para ter a certeza.

Retire do forno e coloque numa rede de arrefecimento. Deixe arrefecer bem antes de cortar, é importante o folar continuar a cozer enquanto arrefece.

Eu cozi um folar de cada vez, e sem ventilação, para não correr o risco de um ficar mais cozido do que o outro.

Boa Páscoa e Be Nice!

 

 

Você Também Pode Gostar de
Ler mais

Hot Cross Buns

Este ano a tradição da Páscoa celebra-se com estes Hot Cross Buns originários de terras de sua majestade…
Ler mais