0
Receita

Brioche com Creme de Avelãs

25 Outubro, 2016

Viva! Está alguém aí?

Antes de mais, queria pedir desculpa a todos os que acompanham o blog, pela minha ausência. Mas se me seguem no Instagram e no Facebook sabem aquilo que ando a fazer: Bolos! 🙂

Este ano tive/tenho o prazer e o privilégio de “casar” muitos noivos; de “baptizar” muitas crianças e de cantar os parabéns a miúdos e graúdos com o já famoso Bolo Gelado! Adorei e adoro cada bolo que faço e todos os clientes que conheço! Obrigada a todos os que confiaram no meu trabalho.

Também aproveito para agradecer a todos os que têm participado nos meus Workshops, e que gostam de aprender comigo. Eu adoro ensinar aquilo que sei, e fazê-lo de forma descontraída e divertida; “se o bolo sair mal, a culpa é da forma ou do forno” 🙂 Por falar em Ws, espero poder contar-vos brevemente as novidades que estão quase a chegar. Fiquem atentos 🙂

Por tudo isto e como forma de vos agradecer, hoje consegui ter tempo para meter as mãos na massa e sacar um Brioche fofinho recheado com o mais famoso Creme de Avelãs! A todos os participantes dos Ws de Tipos de Massas, já sabem, coloquem em prática aquilo que aprenderam, dominem a massa, e não deixem que ela vos domine a vocês.


  • 300 ml de leite à temperatura ambiente
  • 2 colheres de chá de fermento de padeiro granulado
  • 50 g de açúcar
  • 500 g de farinha T65 sem fermento
  • 1 colher de chá de sal marinho
  • 2 ovos M
  • 50 g de manteiga à temperatura ambiente
  • 400 g de Creme de Avelã

Comece por activar o fermento, Para isso num copo alto coloque o leite, açúcar e o fermento. Mexa bem e deixe repousar 5 minutos.

Enquanto isso, pese e coloque os restantes ingredientes (menos o Creme de Avelã) na taça da batedeira e use o gancho para amassar. Adicione a mistura do leite com o fermento e bata a mistura durante 10 minutos. Depois desse tempo, transfira a mistura com a ajuda de uma raspa/espátula para uma taça grande polvilhada com farinha, volte a polvilhar ligeiramente com mais farinha. Tape com película aderente e deixe levedar num local morno até duplicar de volume (poderá demorar entre 1 a 2h, ou mais).

Passado esse tempo, polvilhe a farinha numa bancada de cozinha, raspe a massa e tire todo o ar. Deverá ter a necessidade de ir enfarinhando as mãos e de colocar mais farinha na bancada até a massa estar mais maleável (mas atenção, não coloque demasiada farinha, para não correr o risco do brioche ficar duro), a massa deverá estar bastante maleável e muito sedosa (ligeiramente a pegar às mãos, use a raspadeira para o ajudar a descolar a massa da bancada).

Estique um rectângulo (em que os lados maiores tenham a dimensão da sua forma de bolo inglês, e com uma espessura aproximada de 1,50cm). Com cuidado para não rasgar a massa, barre o creme de avelã a gosto (poderá não usar todo), escolha um dos lados maiores e enrole a massa até chegar ao outro lado, deixando o fecho do rolo para baixo.

Com a forma de bolo inglês forrada com papel vegetal, coloque com cuidado o rolo do brioche e deixe levedar novamente num ambiente morno, até duplicar de volume.

Pré-aqueça o forno a 200ºC e pincele o brioche com um pouco de leite.  Coza-o até a crosta estar bem douradinha e faça o teste do palito antes de retirar do forno. Deixe-o repousar na forma durante 5 minutos antes de desenformar. É melhor quando comido no próprio dia, mas à quem o tenha comido no dia seguinte e adorou!

Be Nice, bake a Brioche!